Taça de Portugal de ciclocrosse – Vitor Santos garante vitória a uma prova do fim

Taça de Portugal de ciclocrosse – Vitor Santos garante vitória a uma prova do fim

Como era de esperar, tendo em conta o domínio nas corridas anteriores, Vitor Santos  (Quinta das Arcas/Jetclass/Xarão) garantiu a vitória da Taça de Portugal de ciclocrosse, faltando ainda uma prova para o fim.

Em Marrazes, Leiria, a prova de elite masculina teve grande intensidade e competitividade. À entrada para a última volta rolavam sete corredores separados por menos de um minuto, adivinhando-se uma disputa apertada pelos lugares cimeiros, depois de o dominador da corrida até então, Roberto Ferreira (Quinta das Arcas/Jetclass/Xarão), ter perdido posições devido a um furo.

Nas últimas pedaladas, Bruno Silva e Vítor Santos chegaram juntos à meta. O primeiro ganhou a corrida deste domingo, enquanto Vítor Santos, que vencera as três etapas anteriores, ficou com um segundo lugar que soube a ouro, já que assegurou, matematicamente, a conquista da Taça de Portugal. O terceiro classificado foi Fábio Ribeiro (ProRebordosa/Oforsep/RJ Gorup), a 8 segundos.

Daniela Pereira (Saertex Portugal/Edaetech) revelou grande superioridade na prova de elite feminina, concluindo a corrida com uma vantagem de 4m03s face à adversária mais direta, Ana Vigário (Sporting/Tavira/Formação Eng. Brito da Mana). A terceira classificada, a 6m26s, foi Nádia Mendes (Transfor/Fátima BTT).

O triunfo em Marrazes permitiu a Daniela Pereira reforçar o estatuto de candidata principal à conquista da Taça. Iniciou a terceira etapa com 20 pontos de vantagem sobre Ana Vigário, tendo ampliado a margem para 40.

Jéssica Costa (ASC/Focus Team/Vila do Conde) foi a melhor na categoria de sub-23 femininas.

O júnior Guilherme Mota (Alcobaça CC/Crédito Agrícola) estreou-se da melhor forma na Taça de Portugal, vencendo a etapa leiriense. Como estreante, não entra nas contas da luta pela geral, que é comandada por Hélder Gonçalves (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact), que hoje não foi além da sétima posição.

Diogo Neves (BTT Loulé/BPI/Elevis) e Ana Santos (ASC/Focus Team/Vila do Conde) impuseram-se em cadetes e são os primeiros da geral nesta categoria. Ana Santos selou neste domingo a conquista da Taça, enquanto no setor masculino as contas do ranking ainda se mantêm em aberto.

Nas categorias de veteranos os mais fortes foram o master 30 Michel Machado, o master 40 Hugo Moreira, o master 50 Rodolfo Lopes (ASC/Focus Team/Vila do Conde) e a master feminina Raquel Marques (ASC/Focus Team/Vila do Conde).

Tomás Mota foi o melhor juvenil, um escalão sem ranking, por ainda fazer parte da categoria das escolas.

O ciclocrosse terá um mês de janeiro de grande intensidade competitiva. No próximo fim de semana, em Melgaço, disputa-se o Campeonato Nacional. No dia 21, a cidade de Ermesinde recebe a quinta e última prova da Taça de Portugal, primeira corrida de ciclocrosse portuguesa que integra o calendário internacional.

Classificações completas aqui.

Ranking geral aqui.

Fonte: Federação Portuguesa de Ciclismo

Fotos: Federação Portuguesa de Ciclismo

 

Mr. B.

Noticias relacionadas

NOVOS sapatos S-Works EXOS EVO – Leveza Todo-o-Terreno

NOVOS sapatos S-Works EXOS EVO – Leveza Todo-o-Terreno

Ciclismo no EUROSPORT para esta semana

Ciclismo no EUROSPORT para esta semana

Os ciclistas portugueses escolhidos para os Jogos Olímpicos de Tóquio

Os ciclistas portugueses escolhidos para os Jogos Olímpicos de Tóquio

Tom Pidcock partiu clavícula num treino

Tom Pidcock partiu clavícula num treino

No Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a Newsletter

* Preenchimento necesssário

Escolha a newslwtter que pretende receber:

Categorias de Artigos