Froome poderá sair da Ineos ainda este ano

Froome poderá sair da Ineos ainda este ano

De acordo com o site internacional cyclingnews, Chris Froome poderá sair da Ineos ainda este ano. Desde que Egan Bernal venceu o Tour, as especulações acerca da liderança da equipa têm-se repetido.

Chris Froome

Froome já admitiu em várias declarações públicas que o grande objectivo da sua carreira é vencer o quinto Tour de França, para entrar no restrito lote de ciclistas que o fizeram (só Jacques Anquetil, Bernard Hinault, Eddy Merckx e Miguel Indurain), e se possível até o sexto, que faria dele o ciclista com mais Tours conseguidos legalmente.

Acontece que, recentemente Egan Bernal admitiu que não sacrificaria uma vitória sua no Tour por ninguém da equipa, pelo que a questão da liderança não está definida e ao que parece, Froome não quer fazer parte de um cenário destes.

“Sou jovem, já ganhei um Tour de France e não vou abdicar de uma oportunidade de ganhar outro Tour de France de certeza, se eu me sacrificaria estando a 100%? Acho que não vou fazer isso…

Egan Bernal ao Cyclingnews

De acordo com o site Cyclingnews, Froome já terá falado com várias equipas para conseguir um eventual contrato para 2021, mas tendo em conta a alteração de datas do Tour de França, mais esta falta de clareza no que respeita à liderança da equipa, a ideia de se transferir a meio da temporada 2020 também terá sido equacionada.

Para que a transferência ocorresse a meio da temporada, teria que acontecer com um acordo de todas as partes envolvidas, dado que as regras da UCI só assim o permitem, se a transferência for a meio da temporada.

Sobre a sua recuperação, Chris Froome já havia dito ao jornal francês L’equipe que a esta tem sido muito boa, e que no desporto não há verdades absolutas, pelo que é possível alcançar o plano de poder vencer 5, ou 6 Tours antes de se retirar.

“Após minha queda no ano passado e a posterior recuperação, estou extremamente confiante de que posso voltar à forma vencedora do Tour. Com que equipa estarei além de 2020, ainda não sei”,

disse Froome ao Cyclingnews.

“Dada a recuperação ter sido bem-sucedida e o meu histórico, esse é o plano. Gostaria de pensar que as chances são de que eu possa fazê-lo. Tenho experiência, muita motivação e quero que isso aconteça obviamente.”

Chris Froome

Froome disse ainda que no ciclismo já assistimos a grandes regressos pós-lesão, por exemplo Valverde conseguiu ser campeão do mundo depois de recuperar de uma queda onde partiu uma perna.

Ainda não sabemos o desfecho da história mas uma coisa é certa, a “novela” do ano pode estar no início e pode ter episódios bem interessantes.

A questão não é que equipa gostaria de ter Chris Froome e lhe daria a liderança sem contestação para o Tour, mas sim, quais as equipas que têm capacidade financeira para contratar Froome?

Sabe-se que depois da Ineos a equipa com maior orçamento anual no World Tour é a Jumbo-Visma, encaixaria bem Chris Froome numa equipa que já tem Kruijswijk, Roglic e Dumoulin com ambições de liderar?

Aqui já somos nós, MARRETAMAN.PT a especular, mas a acontecer esta transferência, seja qual for a equipa que eventualmente venha a contratar o britânico, para nós adeptos seria um “condimento extra”, ver Froome noutra equipa a perseguir o seu objectivo de vencer o quinto Tour, correndo contra a equipa onde conseguiu os ouros quatro.

Subscreve a nossa newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do MARRETAMAN.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Tom Dumoulin regressou aos títulos

Tom Dumoulin regressou aos títulos

Campeonatos Nacionais de Estrada 2021 disputam-se esta semana

Campeonatos Nacionais de Estrada 2021 disputam-se esta semana

NOVOS sapatos S-Works EXOS EVO – Leveza Todo-o-Terreno

NOVOS sapatos S-Works EXOS EVO – Leveza Todo-o-Terreno

Ciclismo no EUROSPORT para esta semana

Ciclismo no EUROSPORT para esta semana

2 Comments

  1. Froome seria o terceiro a ganhar 5 Tours???

    Então e os franceses não contam?
    Que eu saiba o Bernard Hinault e o Jacques Anquetil, além dos citados Eddy Merckx e Miguel Indurain, também ganharam 5 Tours.

    • Caro Carlos, tem toda a razão!

      As nossas desculpas pelo erro, foi um teste para ver se os leitores estavam atentos (brincadeira).

      Obrigado pela chamada de atenção, vamos desde já corrigir.

      Cumprimentos,
      Luís Beltrão

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a Newsletter

* Preenchimento necesssário

Escolha a newslwtter que pretende receber:

Categorias de Artigos